PROJETO BOA VISÃO

 
O Senhor Jaime Câmara, por muitos anos, foi responsável pela direção e manutenção do Instituto Artesanal dos Cegos de Goiás.  Coincidentemente, a Fundação Jaime Câmara adotou como seu primeiro Projeto na área de saúde o PROJETO BOA VISÃO como forma de atuar objetivamente na prevenção da cegueira.
 
O Projeto Boa Visão foi criado pela Fundação Jaime Câmara aos 11 de novembro de 1995, como um projeto de apoio e incentivo à saúde e a educação, tendo em vista que a baixa acuidade visual na fase escolar acarreta problemas que superam a dificuldade de enxergar com qualidade, afetando, além da saúde ocular, o aprendizado desse  educando e consequentemente sua qualidade de vida e interação social.
 
Os problemas de visão, quando não detectados precocemente, podem ser agravados com a idade, e muitas vezes uma criança, na fase do ensino fundamental, não sabe informar se está ou não com dificuldades  para enxergar.

Se essa criança não reclama e a escola não está preparada para orientar, os pais, por sua vez, também enfrentam dificuldades em levar os filhos para realização de exames oftalmológicos de rotina, seja por falta de informação, disponibilidade de tempo ou condição socioeconômica.
 
O Projeto Boa Visão atende o educando no próprio estabelecimento de ensino em Unidade Volante(ônibus) equipada com dois consultórios médicos oftalmológicos e conta com o aparato técnico do Centro de Referencia em Oftalmologia – CEROF,  através de Contrato de Prestação de Serviços firmado com a Fundação de Apoio ao Hospital das Clinicas da Universidade Federal de Goiás – FUNDAHC.   O Projeto conta também com o apoio da  CELG Distribuição SA que participa do desenvolvimento desse dando o suporte através da ligação do cabeamento de energia elétrica da Unidade Volante (ônibus).
Dessa forma, o Projeto Boa Visão, que tem como objetivo principal a prevenção e o tratamento das deficiências visuais detectadas, preconiza alguns instrumentos para auxiliar no alcance de seus propósitos:
 
·         Unidade Volante (ônibus), equipada com 2 (dois) consultórios médicos oftalmológicos,  que  proporciona o atendimento dos educandos nas próprias instituições Educacionais;
·         Realização de  triagem  dos educandos  nas próprias Instituições  Educacionais,  para identificação  das deficiências visuais;
·         Realização de consulta médica oftalmológica  assegurando aos educandos o diagnóstico seguro do problema visual detectado na triagem;
·         Prescrição e aviamento do receituário de óculos receitado  pelo médico oftalmologista para correção visual;
·         Encaminhamento para realização de exames médicos complementares,  tratamentos e/ou  cirurgias das doenças oculares detectadas.
·         Acompanhamento dos  atendimento dos educandos identificados com  problemas visuais, até sua completa alta médica pelo Projeto;
·         Palestras aos pais e professores sobre os possíveis sinais e/ou sintomas que possam indicar  deficiência visual.
 
Dessa forma, o Projeto não somente contribui para a melhoria da saúde ocular do educando como também:
         Para a melhoria do desempenho escolar desses alunos beneficiados;
         Para a redução da repetência e da evasão escolar;
         Para a melhoria da qualidade de vida social do beneficiário, no seu desenvolvimento neuropsicomotor, educacional e sócioeconômico.
 
METODOLOGIA DE TRABALHO
O processo de atendimento do Projeto Boa Visão, ao público pré-determinado, é composto de cinco fases distintas e complementares, a saber:
1ª etapa - Orientação e Triagem
2ª etapa - Exames Médico-Oftalmológicos
3ª etapa - Exames  Complementares
4ª etapa - Entrega dos Óculos
5ª etapa - Tratamento Clínico ou Cirúrgico
 
CERTIFICADOS  E  TÍTULOS DO PROJETO
         Apoio Institucional pela UNESCO (22 de agosto de 2003);
         Banco do Brasil e UNESCO em   2003;
         Tecnologia Social pela Fundação Getulio Vargas e a Fundação Ford Premiação 2005.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
 
 


 

5 comentários:

  1. Boa noite meu nome e Raquel Martins ,sou estudante minha mãe tinha glaucoma e preciso todos os anos fazer o exame de vista sou funcionaria da prefeitura de Goiânia como contrato especial venho através desta pedir encarecidamente que me ajude pois ultimamente não estou boa da visão quando tenho que ler minhas vistas ,e minha cabeça doe muito meus olhos ficam lacrimejando e não aguento a claridade me ajude pelo amor de Deus pois ganho pouco e na tenho condições de pagar e nem ao menos comprar o óculos se acaso eu precisar ....obrigada moro no jardim cerrado 7 meu telefone(62) 35777635 /85430253 meu email raquel_garcia23@hotmail.com

    ResponderExcluir
  2. Boa tarde;Gostaria muito de saber como entrar em contato com vocês...estou em busca de ajuda pra uma pessoa carente que tem catarata desde que nasceu. NUNCA CONSEGUIU ATENDIMENTO ADEQUADO.POr favor me ajudem.
    Atenciosamente Ana Paula.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prezada Ana, para maiores esclarecimentos sobre o Projeto Boa Visão, favor entrar em contato com (62)3250-1258/1259

      Excluir
  3. Boa tarde,a mais ou menos uns três meses meu filho passou por uma consulta do projeto boa visão no Colégio Estadual Duque de Caxias ,ele recebeu uma guia de encaminhamento para realizar uma consulta no ambulatorio de cornea ,pois ele tem uma mancha no olho e a medica que examinou disse que o aspecto da mancha é meio duvidoso então seria realizada uma biopsia,ela disse que o exame seria realizado no CEROF e vocês entrariam em contato conosco para agendar a consulta,mas ate hoje não houve nenhum contato,como vocês podem me ajudar?

    ResponderExcluir